Seguidores

29 de abr de 2016

Atividades para maternal, creche e berçário: Plano de aula 'Cantinhos da creche'

Atividades para maternal, creche e berçário: Plano de aula 'Cantinhos da creche': Em cenários montados na creche, os pequenos se sentem em casa e aprendem a conviver com os maiores da pré-escola... Veja no plano de aula a...

Oi!!!

Outra sugestão de atividade para quem trabalhar Identidade com a turma... Aqui a dica é fazer o molde do corpo das crianças em papel pardo, papelão ou outro papel... a melhor forma de fazer isto é deitando a criança no chão e riscando o molde, eles amam isto. Depois é só trabalhar as partes do corpo.


Os bonecos é uma dica famosa para trabalhar este tema. Depois de prontos, as crianças pintam o boneco, dando lhe roupas e detalhes como olhos, boca, nariz... Pode-se pendurar na parede também. 

DICA: Ao trabalhar os órgãos do sentidos, recorte de revistas (olhos, nariz, boca, orelhas) e cole no rosto dele, pois os que as crianças desenharam a lápis já não aparecia por trás da pintura com giz de cera. Faça o boneco em tamanho original de cada criança com suas característica para um melhor aprendizado. 

Bonecos pra trabalhar identidade com a turma. Pra quem gostou e quer fazer temos vários moldes de crianças com características variadas AQUI.
DICA LEGAL
Que tal inovar? Faça os molde da criança, com a ajuda de todos. Recorte o molde e risque em TNT. Costure o boneco em casa ou cole com cola quente... Na hora de enchê-lo, peça ajuda para as crianças (encha com sacolinhas plásticas ou jornais velhos, peça com antecedência para a turma). Peça para as mães emprestarem (cada semana uma criança) as roupas para o boneco. 
Boneco de tnt e jornal do blog Galinha Pintadinha.
Pra terminar, escolha o sexo da criança e o nome, dê a ele uma família fictícia, uma história. E que tal matricular ele na escola??? 


05 atividades para trabalhar identidade com berçário

A construção da identidade é gradativa e se dá por meio das interações sociais. Ora as crianças imitam o outro, ora diferenciam-se dele. Para ajudar os bebês nesse processo, você pode criar situações nas quais eles se comuniquem e expressem desejos, necessidades, preferências e vontades. 

Brincadeiras feitas em frente do espelho ajudam a criança a reconhecer suas características físicas. Já o desenvolvimento da auto-estima se dá conforme a criança incorpora a afeição que os outros têm por ela e a confiança da qual é alvo. Confiram 05 atividades pra ajudar a desenvolver a identidade!!!

TODO MUNDO NA JANELINHA
IDADE De 9 meses a 2 anos.
TEMPO 30 minutos.
ESPAÇO Sala de atividades.
MATERIAL Cartolina, caneta hidrocor, cola e uma foto de cada criança.
OBJETIVO Favorecer o reconhecimento da própria imagem e da dos colegas.
PREPARAÇÃO Em uma cartolina, desenhe um trenzinho com o número de vagões correspondente à quantidade de crianças. Pendure o cartaz na parede da sala antes de elas chegarem. No dia da brincadeira, peça aos pais que mandem uma foto do filho ou da filha. Peça aos pequenos que sentem em roda e coloquem a foto no meio do círculo. Aconchegue os bebês no grupo e converse com todos. Comente uma foto por vez. Mostre a imagem e diga: “Olha a Aninha!”, “Onde você estava?”, “Na praia, não é?”, “O seu biquíni era azul?”, “Quem já foi à praia?” Chame as crianças pelo nome, pois é muito comum na Educação Infantil o uso de apelidos. Depois dos comentários, cole as fotos nos vagões e deixe elas apreciarem. Inclua uma foto sua também. O trenzinho fica na classe até as férias. Você vai perceber que, sempre que possível, as crianças vão chamar as pessoas que se aproximam da sala para ver as fotos.

VAMOS AO BAILE?
IDADE A partir de 2 anos.
TEMPO 40 minutos.
ESPAÇO Sala ampla.
MATERIAL Espelho de corpo inteiro, aparelho de som, tecidos, fantasias e maquiagem (testada dermatologicamente, antialérgica e sem álcool).
OBJETIVO Favorecer a construção da identidade com o uso do espelho.
COMO BRINCA Leve as crianças para uma sala que tenha um ou vários espelhos grandes para que todas consigam se ver ao mesmo tempo. Deixe as fantasias e os tecidos à disposição delas. Comece a atividade avisando que vai haver um grande baile e, por isso, elas precisam colocar uma roupa especial e se maquiar. Faça você a pintura no rosto das crianças ou peça ajuda a outro educador. Quando a turma estiver pronta, coloque músicas animadas e comece o baile. Depois que as crianças dançarem livremente, conduza a atividade sugerindo que façam caretas em frente do espelho, dobrem os joelhos, levantem os braços, expressem tristeza, balancem a cabeça e movimentem os tecidos que seguram. Sugestão: maquie-se e fantasie-se você também para curtir junto.

CADA UM DO SEU JEITO
IDADE 3 anos.
TEMPO Uma hora.
ESPAÇO Sala de atividades ou pátio.
MATERIAL Papel Kraft, tesoura, canetas hidrocor e fita adesiva.
OBJETIVOS Construir a imagem do próprio corpo e trabalhar a auto-estima.
COMO BRINCA Cada criança deita sobre uma folha de papel para que você possa desenhar a silhueta dela. Recorte o contorno, escreva o nome da criança e entregue a ela para completar o desenho com olhos, mãos, joelhos etc. Nesse momento, incentive a criança a observar o próprio corpo. Não espere nada figurativo. Quando todos concluírem o trabalho, cole as silhuetas lado a lado na parede e estimule a observação: “Olha! A Iara é mais alta que o Pedro”. Converse bastante sobre as particularidades de cada uma. Esse diálogo contribui para a construção da auto-imagem e da auto-estima, pois a criança interioriza o afeto que você e os colegas têm por ela, expresso na conversa.

CADÊ MINHA FOTO?
IDADE A partir de 1 ano e meio.
TEMPO Uma hora.
ESPAÇO Todos os espaços da escola e o tanque de areia.
MATERIAL Fotos das crianças, cola e plástico adesivo.
OBJETIVO Reconhecer a própria imagem e a dos colegas.
PREPARAÇÃO Encape as fotos com o plástico adesivo para que não estraguem. Elas devem ser as que estavam no trenzinho, descrito na atividade Todo Mundo na Janelinha. Esconda-as no tanque de areia. Quando as crianças entrarem na sala, comente: “Onde estão as fotos do painel? Sumiram! Alguém viu? Não? Vamos procurar? Devem estar em algum lugar na escola...” Indique alguns espaços para elas procurarem as imagens, deixando o tanque de areia por último. Se a foto encontrada não for a da própria criança, peça que ela a entregue ao dono. Quando todos estiverem com as próprias fotos, podem voltar para a sala e colá-las novamente no painel.

CAIXINHA SURPRESA
IDADE A partir de 2 anos.
TEMPO 30 minutos.
ESPAÇO Sala de atividades ou pátio.
MATERIAL Caixas de sapatos e espelhos pequenos protegidos por uma moldura resistente. Se não houver espelhos na escola, peça aos pais para providenciarem.
OBJETIVO Brincar com a própria imagem.
PREPARAÇÃO Peça aos pais que enviem uma caixa de sapatos enfeitada de casa. Antes de a atividade começar, cole o espelho no fundo de cada caixa. Reúna as crianças em círculo e entregue a cada uma sua caixa. Primeiro, peça a elas que apenas segurem. Comente as diferenças entre elas. Fale das cores, dos desenhos, se têm brilho... E avise: “Sempre que vocês abrirem a caixa encontrarão uma surpresa”. A primeira “surpresa” será a criança se ver dentro da caixa, refletida no espelho. Mantenha o espelho na caixa e, a partir da segunda vez, cada uma deve ter algo diferente, como maquiagem, escova de cabelo, sachês ou
outros objetos que façam parte do acervo da creche. 

Jogo reciclado para trabalhar cores e formas

Este jogo é feito com reciclagem de caixas de fósforos, encapadas com EVA e, com ele, a a turminha vai aprender muito sobre cores e formas, organização e muito mais.  Muito fácil de fazer confira! 

A sugestão de atividade consiste em misturar as peças para que as crianças ordenem por forma e cor. 
jogo reciclado para trabalhar cores e formas

Linda ideia para aplicar com sua turma do maternal, creche e berçário! Pra fazer encape as caixinhas.  Cole uma figura por fora de cada caixinha para identificar. Depois recorte várias silhuetas fáceis (coração, círculos, borboletas...) no EVA. 
jogo reciclado para trabalhar cores e formas

10 Dicas para trabalhar expressividade no berçário

Várias dicas para trabalhar a expressividade da turminha do berçário!!!

  1. Realizar, na hora do banho, massagens, estimulação das palmas das mãos e dos pés, movimentos na água junto com a criança etc.
  2. Favorecer o desenvolvimento oral e corporal por meio da música, juntamente com as atividades de higiene, trocas, alimentação etc.
  3. Proporcionar brincadeiras de roda, esconde/esconde e outras para permitir o desenvolvimento da oralidade, da espontaneidade e da socialização da criança.
  4. Utilizar brincadeiras com música para estimular as crianças na manutenção de boa postura (importante que o professor tome cuidados com sua própria postura, pois a criança age por imitação do adulto).
  5. Fazer uso de atividades no espelho, trabalhando a expressividade de cada um: as crianças farão caretas, mímicas, enfim, brincarão com a própria imagem.
  6. Desenvolver atividades relacionadas aos jogos de imitação e mímica.
  7. Hora da rodinha com histórias, músicas, etc.
  8. Brincadeiras ao ar livre. e brincadeiras livres e banho de sol (de acordo com as condições climáticas).
  9. Passeio externo ou interno.
  10. Brincadeiras coletivas ou opções individuais (organização de diferentes materiais para interação das crianças).

Nenhum comentário:

DIA D 2014 SUGESTÕES

MENSAGEM: FALAR COM DEUS

MENSAGEM PARA REUNIÃO PEDAGÓGICA

FLEXIBILIZAÇÃO CURRICULAR